Header Ads

Comer menos pode prolongar a vida, diz pesquisa


comer menosPesquisadores da Universidade de Jiaotong, em Xangai na China, afirmaram em seus estudos que comer menos, ou seja, ingerir uma quantidade menor de calorias pode ajudar a frear o envelhecimento celular, tanto em animais quanto em humanos, a pesquisa foi publicada no jornal oficial Shanghai Daily.

Segundo os experimentos realizados ratos, os cientistas observaram que comer menos ajuda na proliferação de bactérias saudáveis no intestino, consequentemente diminuindo a quantidade de bactérias nocivas no aparelho digestivo.

Conforme Zhao Liping, coordenadora da pesquisa, sua equipe comprovou que tais níveis de bactérias podem determinar o tempo de vida de animais e humanos.

Ingerir menos calorias mostrou que, apenas um regime pode aumentar o tempo de vida em diversas espécies de animais, o que ainda não se sabe é qual o mecanismo responsável.

Os micro-organismos presentes no intestino têm uma função importante na saúde, principalmente em dietas. A restrição de calorias demonstrou uma mudança na estrutura dos micro-organismo presentes no intestino e estabeleceu um maior equilíbrio no aparato digestivo.


Desta maneira, os cientistas descobriram várias bactérias, como lactobacilos, que ajudam a prolongar o tempo de vida e funcionam melhor quando há restrição de calorias. Também comprovaram que a dieta diminui as bactérias que reduzem o tempo de vida e causam inflamações.

Con la tecnología de Blogger.