Header Ads

Brócolis e a saúde dos seus olhos

olhos

  • O relatório demonstra que o impacto da alimentação na saúde ocular é "inegável e protetor" contra a ação oxidativa.
  • Nosso organismo produz naturalmente anti-oxidantes, mas através da alimentação esses níveis podem aumentar e proporcionar mais benefícios, comenta a Dra. Pinazo
  • A degeneração macular é irreversível e conta com poucos tratamentos, por isso a importância de prevenir mediante uma dieta saudável



A unidade de Pesquisa Oftalmológica Santiago Grisolía del Hospital Universitario Doctor Peset de Valência, ligada à Fundação FISABIO, demonstrou mediante um estudo que o brócolis oferece proteção contra a degeneração ocular vinculada tanto a agressões externas como ao envelhecimento.

O objetivo do estudo era demonstrar como algumas substâncias deste alimento, como os carotenos, aumentam a densidade dos pigmentos naturais da mácula do olho, uma estrutura da retina essencial para perceber detalhes e movimento. Segundo as informações do estudo, o consumo diário desta verdura pode aumentar em até 30 a densidade do pigmentação macular.

Este aumento da densidade da pigmentação macular permite reduzir o efeito degenerativo que certos elementos como a luz solar, a fumaça do cigarro ou o envelhecimento causam sobre o tecido macular.

No estudo, participaram 14 pessoas divididas em dois grupos, a primeira parte consumiu 375 gramos diários de brócolis durante um mês, o necessário para obter 10 gramos de luteína, um pigmento natural fundamental para a saúde ocular. Já o segundo grupo, não consumiu brócolis durante esse mesmo período.

O único requisito era respeitar algumas condições na hora de preparar o brócolis, para que não perdesse suas propriedades. Neste caso, o modo de preparo foi a vapor.

Segundo a Dra. Pinazo, "o mais importante é que a média do pigmento ocular aumentou em 30% em todas as pessoas que comeram brócolis todos os dias. Esse aumento ajuda na proteção contra as radiação solar e outros agressores.

Os pesquisadores realizaram exames de sangue e questionários pessoais para valorar o estado geral de saúde dos participantes e observar como o brócolis atuava nesse aspecto. Os resultados refletiram que em todos os casos o estado dos participantes tinha melhorado.

As melhoras não se limitaram somente ao estado ocular, mas foram detectados benefícios em diversas funções corporais. "Ao concluir o estudo, os participantes haviam emagrecido, diminuíram seus níveis de colesterol e melhoraram os níveis de ferro. Ademais, começaram a reter menos líquidos e houve melhora significativa no processo digestivo.

A Dra. Pinazo explica que escolheu o brócolis como alimento principal do estudo pelo seu alto conteúdo de carotenos, fibra e antioxidantes. Outros alimentos, como a gema do ovo ou o salmão, contém níveis semelhantes, mas o brócolis é o idôneo já que pode ser consumido todos os dias sem gerar excessos de nutrientes como gordura e colesterol.

Con la tecnología de Blogger.