Header Ads

3 estudos que relacionam a música com a memória


A música têm um poderoso efeito sobre nós, toca nossos sentimentos, nossas emoções, nos faz identificarmos com outras pessoas e fica guardada na memória por muitos anos.

musica cerebro
Na esquerda, um cérebro em descanso, à direita, a reação do cérebro quando ouvimos música

A música pode trazer lembranças que acreditávamos ter esquecido, pode melhorar a aprendizagem e inclusive, pode nos transportar para nossa infância ou adolescência.

A continuação apresentamos 3 pesquisas psicológicas sobre a música, publicadas em 2013:

1. Propaga a ativação cerebral 

Conforme dados da Alluri et al., (2013) a música ativa várias áreas do cérebro. Especificamente as áreas auditiva, motora (relacionada à coordenação) e límbica (relacionada com a emoção). Um dado curioso é que estas áreas cerebrais se ativaram nos participantes de igual maneira quando ouviam Os Beatles ou Vivaldi, mostrando o poderoso efeito da música sobre nós.

2. Cantar ajuda a melhorar na aprendizagem de um novo idioma 

O estudo desenvolvido por Ludke et al. (2013) descobriu que as pessoas que estavam tentando aprender Húngaro, um idioma relativamente difícil, tinham melhor desempenho quando cantavam as frases em Húngaro, ao invés de aprender somente repetindo.
Os pesquisadores acreditam que a música pode proporcionar um sinal adicional que ajuda a integrar a memória.

3. A música pode nos transportar ao passado 

A sua música favorita pode levar você aos anos de adolescência. A maioria das pessoas tem fortes recordações associadas com esta etapa da vida. Mas não só sua música favorita pode lhetrazer lembranças de sua adolescência. Segundo dados publicados por Krumhansl & Zupnick, 2013, a música que seus pais e incluso seus avós escutavam, também pode levar você aos seus anos de infância.



A diretora da pesquisa, Carol Lynne Krumhansl, explicou:

"A música transmitida de geração a geração dá forma à nossa memória autobiográfica,preferencias e respostas emocionais, um fenômeno que chamamos de 'golpes de reminiscência'.  Estas novas descobertas sinalizam uma influência da música na infância e provavelmente refletem o predomínio da música no ambiente da casa".

Autor: Cientifico.tv

Con la tecnología de Blogger.